marcela levi

Céline Piètre
Paris art
Les Inaccoutumés
2008


Outra surpresa muito boa da edição 2008, a peça de Marcela Levi [...]. Mais implícita, não falta, entretanto, audácia nem uma certa violência na proposta da jovem coreógrafa brasileira. Cavalgando uma cabeça de boi, ligada a ela num movimento de bacia que sugere a penetração, diz da animalidade da mulher e do desejo de dominação do homem, do sexismo das tradições conjugais e tauromáquicas, do erotismo e do mórbido. A beleza selvagem (e plástica) da peça se colore com uma autoderrisão corretamente dosada, que libera de seu peso o discurso pressuposto.



Sophie Grappin Schmitt
Paris Art
Les Inaccoutumés
2008


[...] In-Organic, bonito solo de Marcela Levi que evoca em poucos gestos uma multidão de imagens eloquentes.