marcela levi

EN

HARM-ONY

Marcela Levi & Lucía Russo | Improvável Produções
Brasil | Argentina
2018

De acordo com a pensadora belga Isabelle Stengers, a figura conceitual do "idiota", proposta por Deleuze, nos faz desacelerar, abre um espaço para a hesitação diante da pressuposição de sabermos aquilo que sabemos.  Stengers nos convida a pensar a igualdade não como equivalência, reciprocidade, representação, mas como garantia da presença de corpos heterogêneos. Se afastando das "boas intenções" que sustentam o desejo de um "bem comum", nos convida a ouvir o murmúrio do idiota que diz "há algo mais importante" e nos instiga a pensar na possibilidade de partilha de um "não sabido" constituído pelo múltiplo, pelas posições divergentes de mundo que poderiam eventualmente ser articuladas.

Há gente que se levanta sobre a cabeça, outras que andam vagarosamente e sussurram "party!", as que suspendem e cantam "life is a mistery, everyone must stand alone", há ainda as que apontam e riem alto, as que dublam vozes e corpos alheios, as que batem, as que arqueiam, as que bailam cheek to cheek e as que prefeririam não. Bem vindos a HARM-ONY.

É com uma alegria enorme que anunciamos o lançamento da nave rasteira HARM-ONY (sem perigo de cair porque já tá no chão) no mundo. Como nos disse uma colega na ocasião de uma outra estreia "mais um tijolinho"... só que não, esperamos que seja mais um piano caindo do último andar de um prédio bem alto e estalando no mundo dissonante que nós duas tentamos inventar tentamos inventar tentamos inventar tentamos. (Levi & Russo)

HARM-ONY é um projeto que conta com um núcleo de 3 performers - colaboradores da Improvável de longa data - associados a 10 performers locais selecionados por chamada aberta. São ao todo 13 performers em cena.

Concepção, criação e direção: Marcela Levi & Lucía Russo
Performance e cocriação: Ícaro Gaya, Tamires Costa e Victor Oliveira
Performance: 10 artistas locais
Desenho de luz: Johnatan Inostroza
Som e Figurinos: Levi & Russo
Fotografia e video: Mila Ercoli e Isabel Ortíz
Residências artísticas / Apoio: Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro/ Secretaria Municipal de Cultura, Consulado da Argentina no Rio de Janeiro, Espaço Cultural Sítio Canto da Sabiá, NAVE (Chile). Coprodução: NAVE e Iberescena / Funarte
Produção e realização artística: Improvável Produções

Este projeto foi contemplado pelo Fundo Iberescena / Funarte para Coprodução de criações Iberoamericanas 2018 e recebeu financiamento do Ministério da Cultura do Chile.