marcela levi

EN

3 contra 2: Psico Trópicos
Improvável Produções

Os ritmos de 3 contra 2 são uma polirritmia, ritmos de 3 batidas sobre ritmos de 2 batidas. No discurso feminista, a noção de polirritmia é usada para visibilizar o ritmo de grupos tradicionalmente ignorados e prismatizar as histórias que foram escritas de somente um ponto de vista, ou por um ritmo que se fez dominante.

Segundo o pensador indígena Ailton Krenak, a floresta tropical é teia de vidas entrelaçadas, ou seja, polirritmia. Entre balanços, meandros, desníveis e sons, a floresta delira. Sob a terra, as raízes tramam, perfuram e enredam seus braços. A floresta tropical sussurra mitos, pulsa e expulsa rumores e miragens: Psico Trópicos. A floresta é cruzo, é polirritmia é co-imaginação.

3 contra 2: Psico Trópicos é um exercício de imaginação que busca entrelaçar distâncias. A peça é tecida entre três performers como uma rede onde linhas em tensão e distorções temporais contornam intervalos, suspensões e espaços de ressonância em uma narrativa não linear que busca aproximar geometria e psicodelia.

O estilo Old Way da Cultura Ballroom é caracterizado pela formação de linhas, simetria e precisão e é inspirado nos hieróglifos egípcios. L'Après-midi d'un faune, a primeira coreografia de Nijinsky foi inspirada em frisos gregos, afrescos egípcios e assírios. Em ambos, Old Way e L'Après-midi d'un faune, o erótico e as paragens estão fortemente presentes. E se o Fauno, entidade híbrida e encantada das florestas, dos mitos e do balé de Nijinsky, se cruzar com a geometria Queer do estilo Old Way? E se o mito egípcio de Ísis e Osíris virar um rap? E se o nome do deus Pã ecoado - Pã Pã Pã Pã - fizer soar a quinta sinfonia de Beethoven? Será que a multidão delira ou Pã Pã Pã Pânico, terror e bomba, multidão em polvorosa?


Concepção e direção: Marcela Levi & Lucía Russo
Performance e cocriação: Lucas Fonseca (Legendary 007), Martim Gueller e Romec
Texto: Joana Levi
Assistência: Lucas Fonseca
Preparação corporal: Lucas Fonseca, Lucia Russo e Marcela Levi
Desenho de luz e direção técnica: Laura Salerno
Desenho de som: Levi, Russo e Gueller
Figurino: Levi & Russo
Técnico de som: Luciano Siqueira
Produção: Improvável Produções
Coprodução: Julidans, CCN de Caen en Normandie dans le cadre de l’Accueil-studio, Sítio Canto da Sabiá e Something Great
Apoio: Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro/Secretaria Municipal de Cultura, O Rumo do Fumo e Retomada Cultural RJ 2/ Estado do Rio de Janeiro/Secretaria de Estado
Difusão: Something Great